Kotler, o que ele nos ensina sobre marketing?

kotler

Philip Kotler é considerado por muitos como um dos principais nomes quando o assunto é marketing. O site “Financial Times” colocou Kotler como o quarto nome mais importante do setor a nível mundial, ficando atrás apenas de nomes como Jack Welch, Bill Gates e Peter Drucker. Neste artigo, iremos falar sobre alguns dos ensinamentos mais importantes que Philip Kotler pode passar para quem procura aprimorar o marketing em seu negócio.

Principais conceitos da obra de Kotler!

1) O marketing é mais que um departamento

Kotler afirma que o setor de marketing necessita ser um departamento independente dos demais dentro de sua empresa. “O marketing não pode ser visto apenas como um setor . Na verdade, esse setor deve funcionar como uma força de papel decisivo para o sucesso de um negócio.”. Por isso, é sempre importante dar uma importância para o setor de marketing a ponte de ele não depender de qualquer outro departamento de sua empresa.

2) Obedeça ao “funil de vendas”

Segundo Kotler, todo o processo de venda pode ser separado em seis partes, que são: prospectar clientes, compreender as necessidades de seus consumidores, criar soluções, fazer a proposta, negociar contratos e por fim finalizar a venda. Kotler também afirma que as primeiras etapas dever ser preferencialmente feitas por alguém que entenda da área, já as últimas etapas do processo não passam de uma pequena atribuição do setor de vendas. Philip afirma que por meio deste funil cada passo é dado por quem sabe o que está fazendo.

Além disso, este funil também serve como um comparativo para mostrar as principais diferenças entre estes dois setores. “O marketing é responsável pela criatividade e pelas estratégias apropriadas para chegar ao cliente, enquanto a execução fica com o pessoal de vendas.”

3) Valorize o ócio

Neste tópico voltamos ás atribuições de um profissional de marketing. Kotler prega que todo o planejamento feito de maneira estratégica é muito importante, no entanto, não pode se sobrepor sobre o processo criativo. “O marketeiro precisa de tempo para pensar e conceber as melhores ideias”, afirma.

kotler

4) Represente a voz do consumidor

Em uma grande organização, o profissional responsável pela área de marketing deve ser o principal porta-voz dos consumidores. “Uma decisão que não contempla a satisfação do consumidor tem tudo para ser equivocada.”

Para Philip, dar valor para os clientes, por si só, já uma grande estratégia de marketing. “A Apple, por exemplo, deixa uma cadeira vazia nas reuniões de diretores. Ela representa, simbolicamente, o consumidor. Pergunte a um applemaníaco sobre os pontos positivos da empresa. Ele provavelmente vai falar do cuidado da empresa em ser uma amiga dos clientes”, afirma Kotler.

5) Trabalhe firme na construção de sua marca

As relações comerciais tem como base o conceito de que as empresas vendem o que é necessário para suprir as necessidades dos clientes. “Mas há companhias que vendem, por um preço alto, algo que pode ser encontrado em qualquer lugar. E se dão bem”, diz Kotler. Neste ponto podemos tomar como exemplo o Starbucks, que vendem um café caro e mesmo assim fazem muito sucesso no Brasil, que está entre os países com maior produção de café no mundo. Isso se acontece devido ao fato de o Starbucks já ter uma marca construída.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *