Mobile Marketing: vantagens e como aplicá-lo

O chamado mobile marketing tem se tornado a “menina dos olhos” dos empreendedores, pois cada vez mais cresce o número de pessoas que utilizam smartphones e tablets. As pessoas têm passado muitas horas de seus dias nesses dispositivos e dessa forma utilizar ferramentas específicas para eles para conquistar e fidelizar clientes é uma estratégia inteligente. Trata-se de uma nova maneira do consumidor se comportar.

Para se ter uma ideia da importância de saber utilizar assertivamente o mobile marketing devemos alertar que cerca de 72 milhões de brasileiros estão usando smartphones para acessar a internet incluindo e-mails e redes sociais. A seguir vamos explicar em detalhes as vantagens e como aplicar o mobile marketing para levar a sua empresa ao sucesso.

Quais as vantagens do mobile marketing?

  • Número de usuários de mobile marketing

A principal vantagem que faz com que os empreendedores estejam voltando os seus olhos para essa ferramenta é o crescimento constante de usuários. Todos os dias mais e mais pessoas investem em fazer com que suas empresas estejam ao alcance de dispositivos móveis como smartphones e tablets.

  • Aumento das compras por smartphones e tablets

Outro número bastante sedutor que tem atraído a atenção dos empreendedores é o de compras realizadas pelos dispositivos móveis. Para se ter uma ideia as compras mobile tem correspondido a cerca de 15% de tudo que tem sido comprado através da internet no mercado brasileiro. Estudos de mercado apontam que esse número tende a crescer muito mais nos próximos anos.

 

mobile marketing

 

  • Melhor segmentação de anúncios

A segmentação de anúncios é fundamental para negócios locais como lojas, restaurantes, bares entre outros e isso ainda é um pouco falho no marketing digital. Quando se trata de anúncios mobile existe uma melhor segmentação, isso permite que as pessoas que realmente estão próximas ao seu negócio vejam o anúncio e assim tenham o desejo de realizar a compra. O que facilita essa melhor segmentação é que boa parte dos dispositivos móveis possui GPS embutido.

  • Aumento do uso de aplicativos

A comunicação entre as pessoas passou a ser feita majoritariamente por aplicativos de redes sociais como Facebook, Instagram e Snapchat e eles podem ser perfeitamente usados para o estabelecimento de relacionamentos com os seus consumidores e potenciais consumidores.

Mobile Marketing – Como Aplicá-lo

  • Crie opções mobile

Já existe a percepção por parte dos empreendedores que não basta apenas transpor os conteúdos convencionais para o mobile. Ter conteúdo projetado especificamente para o ambiente dos dispositivos móveis é essencial para ter uma melhor interação do usuário. Investir mais na criação de um site que tenha uma versão mobile pode trazer vários ganhos futuros para a sua empresa.

  • Estar nas redes sociais de aplicativos

Com o crescimento do uso dos aplicativos e o fato deles terem se tornado uma extensão da vida social de muitas pessoas é essencial investir na criação de perfis de redes sociais de aplicativos. Por exemplo, a sua empresa ter um perfil ativo no Facebook e no Instagram é interessante para promover a construção de uma relação de trocas com o seu público-alvo.

  • QR Code Marketing

O uso da tecnologia de QR Code pode ser bem interessante para trazer novos tipos de interação com o usuário. Nos primeiros anos do uso dessa tecnologia ela não emplacou e se teve a impressão de que seria algo que não traria boa resposta do público, no entanto, agora parece que os empreendedores encontraram um caminho para torna-la bem usada. A ideia de oferecer algum tipo de bônus através dos QR Codes fez com que os usuários de dispositivos móveis se tornassem mais ativos em relação às empresas.

  • Tenha um bom conteúdo

A base para o uso de qualquer tipo de marketing digital está em ter um conteúdo de qualidade para oferecer aos seus usuários. Isso significa se preocupar não somente em ter conteúdos em suas páginas, mas que esse conteúdo seja de qualidade e agregue algo positivo para o seu consumidor. As pessoas não estão mais dispostas a passar tempo de suas vidas dando atenção para algo que não oferece algo de interessante.

Entre para o mobile marketing

Agora que você conhece as vantagens e sabe como aplicar esse tipo de marketing é essencial começar o investimento em técnicas e ferramentas. O seu público-alvo com certeza dará uma boa resposta para as suas ações inteligentes e com boa estratégia.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Livros de marketing que você deveria ler

livros-de-marketing-2

Um bom empreendedor geralmente está sempre com seu tempo apertado, por uma série de fatores, como decisões que precisam ser tomadas a todo tempo, reuniões etc. E por isso, muitas vezes estes empreendedores acabam se esquecendo de se manterem por dentro das tendências sobre gestão e marketing.

E uma das melhores formas para driblar esta desatualização é sempre manter a mão algum livro sobre o assunto, e sempre o ler quando possível, como em táxis, aviões, salas de espera ou até mesmo ler um pouco antes de dormir.

E para te ajudar nesta tarefa, fizemos uma lista com alguns dos melhores livros de marketing para empreendedores, que em sua maioria, são livros de grande praticidade aliada a objetividade, que apresentam ao leitor ações concretas e como botá-las em prática.

Melhores livros de marketing para empreendedores:

 

  1. Marketing 3.0

Autores :Phlilp Kotler, Hermawan Kartajaya, Iwan Setiawan

Editora Campus Elsevier

Número de páginas: 240

Nossa lista não poderia começar com nenhum outro livro a não ser um de autoria de um dos mais conceituados autores de marketing: Philip Kotler.

E para o desenvolvimento desta obra Philip teve a parceria de seus colegas Katajaya e Setiawan. O livro tem grande foco nos clientes, que sempre foram o ponto principal das obras de Kotler.

No entanto, abordagem do livro é mais ampla do que isso, focando também na evolução da satisfação do público-alvo. Para se compreender por completo o livro, é preciso se libertar do passado e entender que este novo consumidor, na versão 3.0, está à procura de serviços e produtos que supram suas procuras em novos níveis.

livros-de-marketing-1

  1. SPIN Selling

 

Autor:Neil Rackham

Editora M. Books

Número de páginas: 204

O livro SPIN Selling foi completamente baseado em pesquisas de campo que duraram 12 anos e custaram cerca de 30 milhões de dólares. O livro expõe uma concreta e completa metodologia de vendas que de fato funcionam, pois foram testadas e tiveram sua eficiência comprovada.

O SPIN Selling, analisa e testa porque alguns métodos de vendas funcionam tão bem, já outros quase sempre falham, desvendando alguns fatores chave, como se preparar para reuniões com clientes, como descobrir o que ele realmente necessita e valoriza, como negociar, como perceber se a venda vai prosseguir em próximas reuniões ou se você está perdendo tempo. Além disso, o livro ainda apresenta ao leitor algumas técnicas de fechamento.

 

  1. Reimagine

 

Autor: Tom Peters

Editora Futura

Número de páginas: 352

Tom Peters é mais um daqueles autores que alertam os empreendedores sobre a obrigação de estar sempre se habituando a coisas novas, além de alertar sobre a importância da visão de futuro, prever tendências etc.

Além de estar sempre pronto para oferecer os melhores produtos e serviços para os clientes hoje, é sempre importante estar com um olho no futuro, sempre tentando antecipar tendências e assim ter vantagens sobre seus concorrentes.

Este com certeza é um dos melhores livros da área de marketing para empreendedores que querem sempre estar prontos para o futuro.

  1. As 22 Consagradas Leis do Marketing

 

Autores: Al Ries e Jack Trout

Editora Makron Books

Atualmente, existem várias estratégias de marketing. No entanto, segundo Al Ries e Jack Trout, 22 dentre todas jamais podem passar em branco. O livro se aprofunda bastante em cada aspecto de cada uma das 22 leis do marketing, que são:

Liderança

Categoria

A mente do consumidor

Percepção

Enfoque

Exclusividade

A Lei da Escala

Dualidade

O Contrário

Divisão

Perspectiva

Extensões de Linha

Sacrifício

Atributos

Sinceridade

Singularidade

Incerteza

Êxito

Fracasso

Exageração

Aceleração

Recursos

 

  1. A Estratégia do Oceano Azul

 

Autores: W. Chan Kim e Renée Mauborgne

Editora Campus

No livro, os autores expõem seus estudos sobre mais de 150 empresas em 30 ramos diferentes de negócios, onde eles argumentam que as 3 estratégias consagradas do marketing não eram suficiente para explicar o sucesso de algumas empresas, o que os levou a criar uma nova estratégia, a do Oceano Azul, que se baseia na criação de novos espaços para crescerem sem “predadores” por perto, tomando distância do Oceano Vermelho, onde se encontra uma alta competitividade de mercado e agressividade nos negócios.

livros-de-marketing-2

 

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Marketing de conteúdo e as suas vantagens

marketing de conteúdo

Já faz algum tempo que o marketing de conteúdo vem conquistando o posto de melhor estratégia para conquistar novos clientes. O contexto atual em que a internet é uma constante na vida das pessoas torna esse tipo de trabalho de marketing relevante. Entender a lógica e a melhor maneira de usar o conteúdo a favor da sua empresa é o segredo para conquistar uma posição consolidada no mercado.

A seguir vamos te explicar melhor o que é marketing de conteúdo e as suas vantagens para alavancar a sua empresa para a primeira posição no seu mercado. Um conteúdo relevante é a melhor maneira de conseguir bons resultados em termos de competitividade. A sua empresa pode se tornar mais presente e relevante para os seus potenciais clientes, com este tipo de marketing, cada vez mais atual!

Marketing de conteúdo – Conheça as suas vantagens

  • O que é marketing de conteúdo?

A primeira questão é entender o que é marketing de conteúdo para então saber quais são as suas vantagens. Explicando de maneira simples podemos dizer que esse é o marketing em que o foco está no conteúdo que será oferecido ao seu público-alvo com o objetivo de se tornar relevante. Com isso o seu público-alvo será atraído para as páginas da sua empresa e poderá se tornar um público consumidor.

  • Estabelecimento de uma jornada de compra

A grande vantagem que o marketing de conteúdo oferece para quem começa a utilizá-lo é o fato de criar um verdadeiro roteiro de atração de potenciais clientes e conversão deles em clientes efetivos. Através do estabelecimento dessa jornada é possível desenhar um conteúdo mais relevante para cada público que conhecer a sua empresa na internet.

  • Visibilidade para sua empresa

Outra vantagem do marketing de conteúdo que podemos citar é a visibilidade que a empresa passa a ter. Empresas que investem na criação e compartilhamento de conteúdo relevante para os seus potenciais clientes tendem a se tornar referência no seu segmento. A partir do momento que a sua empresa demonstra conhecimento efetivo sobre o setor em que está passa a se sobressair em relação aos concorrentes. Além disso, oferecendo conhecimento para quem segue as suas páginas a empresa está garantindo mais seguidores.

  • Excelentes resultados com baixos investimentos

Certamente grande parte dos empresários está em busca de alcançar melhores resultados em termos de visibilidade no mercado sem que para isso seja necessário fazer altos investimentos. Através do marketing de conteúdo é possível obter uma boa resposta do mercado e com investimentos que cabem no orçamento da sua empresa.

 

marketing-de-conteudo

 

A manutenção das redes sociais pode levar algum tempo, mas não tem um custo elevado e garante proximidade dos seus clientes. A produção de conteúdo também não gera grande impacto nas contas da empresa. A ideia do novo marketing é atrair e reter a atenção das pessoas através de bom conteúdo e não comprar os seus potenciais consumidores. Com isso se tem muito menos custos.

  • Educação dos consumidores sobre o seu produto ou serviço

Sabia que provavelmente a sua empresa tem uma grande quantidade de potenciais clientes que nem imagina como o seu produto pode ser vantajoso? Isso acontece porque algumas pessoas tem uma necessidade em seu dia a dia, mas ainda não se deram conta disso. A partir do momento que a sua empresa passa a trabalhar com marketing de conteúdo passa a educar a sua audiência.

Conhecendo os seus produtos e as suas funcionalidades é mais fácil que mais pessoas desejem comprar o que você está vendendo. Saber que existe e para que servem os produtos e serviços que a sua empresa comercializa é necessário para fechar vendas. Usar as ferramentas de conteúdo para criar o interesse de potenciais clientes é uma maneira inteligente de fazer marketing.

  • Obtenção de feedback dos seus clientes

Além de poder atrair novos clientes o marketing de conteúdo promove fidelização e interação dos clientes que já compram os seus produtos e serviços. Ter esse feedback é interessante para saber o que está num bom caminho e o que precisa ser melhorado para se tornar uma empresa ainda mais completa.

Invista em bom conteúdo

Para que o marketing de conteúdo seja realmente bom para a sua empresa é essencial investir em conteúdo de qualidade. Procure posicionar a sua empresa como autoridade no seu segmento para ter um ótimo retorno.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Kotler, o que ele nos ensina sobre marketing?

kotler

Philip Kotler é considerado por muitos como um dos principais nomes quando o assunto é marketing. O site “Financial Times” colocou Kotler como o quarto nome mais importante do setor a nível mundial, ficando atrás apenas de nomes como Jack Welch, Bill Gates e Peter Drucker. Neste artigo, iremos falar sobre alguns dos ensinamentos mais importantes que Philip Kotler pode passar para quem procura aprimorar o marketing em seu negócio.

Principais conceitos da obra de Kotler!

1) O marketing é mais que um departamento

Kotler afirma que o setor de marketing necessita ser um departamento independente dos demais dentro de sua empresa. “O marketing não pode ser visto apenas como um setor . Na verdade, esse setor deve funcionar como uma força de papel decisivo para o sucesso de um negócio.”. Por isso, é sempre importante dar uma importância para o setor de marketing a ponte de ele não depender de qualquer outro departamento de sua empresa.

2) Obedeça ao “funil de vendas”

Segundo Kotler, todo o processo de venda pode ser separado em seis partes, que são: prospectar clientes, compreender as necessidades de seus consumidores, criar soluções, fazer a proposta, negociar contratos e por fim finalizar a venda. Kotler também afirma que as primeiras etapas dever ser preferencialmente feitas por alguém que entenda da área, já as últimas etapas do processo não passam de uma pequena atribuição do setor de vendas. Philip afirma que por meio deste funil cada passo é dado por quem sabe o que está fazendo.

Além disso, este funil também serve como um comparativo para mostrar as principais diferenças entre estes dois setores. “O marketing é responsável pela criatividade e pelas estratégias apropriadas para chegar ao cliente, enquanto a execução fica com o pessoal de vendas.”

3) Valorize o ócio

Neste tópico voltamos ás atribuições de um profissional de marketing. Kotler prega que todo o planejamento feito de maneira estratégica é muito importante, no entanto, não pode se sobrepor sobre o processo criativo. “O marketeiro precisa de tempo para pensar e conceber as melhores ideias”, afirma.

kotler

4) Represente a voz do consumidor

Em uma grande organização, o profissional responsável pela área de marketing deve ser o principal porta-voz dos consumidores. “Uma decisão que não contempla a satisfação do consumidor tem tudo para ser equivocada.”

Para Philip, dar valor para os clientes, por si só, já uma grande estratégia de marketing. “A Apple, por exemplo, deixa uma cadeira vazia nas reuniões de diretores. Ela representa, simbolicamente, o consumidor. Pergunte a um applemaníaco sobre os pontos positivos da empresa. Ele provavelmente vai falar do cuidado da empresa em ser uma amiga dos clientes”, afirma Kotler.

5) Trabalhe firme na construção de sua marca

As relações comerciais tem como base o conceito de que as empresas vendem o que é necessário para suprir as necessidades dos clientes. “Mas há companhias que vendem, por um preço alto, algo que pode ser encontrado em qualquer lugar. E se dão bem”, diz Kotler. Neste ponto podemos tomar como exemplo o Starbucks, que vendem um café caro e mesmo assim fazem muito sucesso no Brasil, que está entre os países com maior produção de café no mundo. Isso se acontece devido ao fato de o Starbucks já ter uma marca construída.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Tipos de marketing que todo empreendedor precisa saber

tipos de marketing

A era digital chegou de vez e as tendências de mercado apontam que haverá apenas crescimento no que se refere ao uso das ferramentas tecnológicas. Então quem está investimento em ser empreendedor precisa conhecer alguns tipos de marketing que se aplicam a essa nova realidade. Estar pronto para o que o mercado reserva é uma estratégia inteligente para se dar bem como empresário.

Para te ajudar nessa tarefa de se integrar ao mercado com mais assertividade apoiado nas ferramentas de marketing vamos te explicar melhor o que significam alguns dos principais termos utilizados. Acompanhar a evolução da tecnologia juntamente com o novo comportamento do consumidor é uma maneira de ter mais certeza de alcançar o sucesso.

Conhecendo os tipos de marketing necessários para todo empreendedor

  • Inbound Marketing

Trata-se do que está sendo chamado de novo marketing e consiste em técnicas que visam atrair a atenção e manter o interesse do consumidor ao invés de tentar compra-lo. O chamado velho marketing ocupava-se de maneira geral de empurrar um produto ou serviço no consumidor, no novo marketing é essencial a construção de um relacionamento. As bases do inbound marketing são conteúdo, SEO e mídias sociais.

  • Marketing de Conteúdo

Para conseguir manter a atenção do público-alvo é necessário usar ferramentas do chamado marketing de conteúdo. A ideia é criar e compartilhar com a sua audiência conteúdo de qualidade e que atenda de maneira satisfatória as necessidades da sua audiência. Isso significa tornar a sua empresa uma das referências no setor em que atua. O conteúdo que pode ser apresentado na forma de artigos, e-books, vídeos, infográficos entre outros deve ser pertinente e ter coerência. Somente bons conteúdos irão cumprir a função de manter a atenção da audiência. Um dos tipos de marketing mais eficientes no contexto atual do mercado.

  • Marketing Viral

Sabe o bom e velho boca a boca? Pois, o marketing viral é uma ação que promove esse efeito, mas usando a internet. As ações tem o objetivo de fazer com que o máximo de pessoas curtam e compartilhem aquele conteúdo até que novos consumidores passem a ter conhecimento da marca. Muitas empresas fazem vídeos ou ações promocionais que num primeiro momento podem não ser identificados como sendo produtos de uma marca específica. Esta é uma das estratégias de marketing mais usadas por grandes marcas!

  • Marketing para o Público-Alvo

Somente se saberá o que é eficiente dizer quando se souber para quem se vai dizer. Exatamente por isso é tão importante determinar quem é o seu público-alvo. Uma técnica de marketing que tem sido muito usada para essa finalidade é usar a ideia da definição de persona. O empreendedor pode definir um perfil específico dos seus consumidores e assim imaginar uma pessoa imaginária que pode ter um nome e as características que são comuns a essas pessoas do público. Estabelecendo uma persona fica mais fácil pensar no que dizer para os seus consumidores.

 

tipos de marketing

 

  • Marketing de Segmentação de Mercado

Compreender que o mercado é segmentado é essencial para se ter sucesso enquanto empreendedor. Isso acontece porque dentro de um grupo geral existem subgrupos que são formados por pessoas diferentes que responderão de maneiras diversas aos estímulos dados. Encontrar uma faixa desse mercado que pode ter interesse nos seus produtos ou serviços de acordo com diferentes abordagens é uma maneira de aumentar o alcance dos seus negócios.

  • Benchmarketing

Um dos tipos de marketing que tem sido bastante aplicado nos últimos tempos, pois tem como principal característica buscar a melhoria dos processos realizados pela empresa visando ter um desempenho mais equilibrado. Através de ideias inovadoras é possível construir um público fidelizado e assim ter melhores resultados em seu trabalho.

  • Comunicação Integrada de Marketing

Um novo conceito de planejamento de comunicação que visa entre outras coisas aumentar o valor agregado a um plano de marketing. Ter uma estratégia em que se visam cumprir metas de crescimento é essencial para quem está pensando em melhorar a atuação da sua empresa no mercado. Hoje em dia quem não investe nesses tipos de marketing com foco em planejamento fica para trás.

Pense no público-alvo

O que esses diferentes tipos de marketing tem em comum é a preocupação em fazer com que o público-alvo seja impactado de maneira satisfatória. Com isso percebemos que não tem nada mais fundamental que se preocupar com as pessoas que fazem o sucesso ou o fracasso de uma empresa.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

 

 

Como elaborar uma estratégia de marketing para a sua empresa

estratégias de marketing

Os empresários que desejam observar o seu crescimento em participação de mercado devem ficar atentos a como elaborar uma estratégia de marketing para a sua empresa. Entender que o mundo empresarial mudou junto com as transformações tecnológicas é essencial para se estabelecer com sucesso. A dinâmica de compra e venda de produtos e serviços é outra.

A internet é com toda certeza o motor propulsor dessas mudanças e deve ser encarada como uma ferramenta eficiente para obter os resultados esperados. Entender todo o processo é essencial para definir o modus operandi da sua empresa no mercado. Aumentar a sua participação de mercado com a conquista de novos clientes é fundamental para ser bem sucedido em suas estratégias de marketing!

Dicas de como elaborar estratégia de marketing para a sua empresa

  • O novo perfil dos clientes

Quando pensamos em nosso dia a dia percebemos que a informação está presente em quase todos os momentos. Com a difusão da internet e a criação de buscadores de informações como o Google e as redes sociais as pessoas tem acesso todas as informações de que precisam. Sendo assim os clientes de hoje não precisam mais da orientação dos vendedores para fazer as suas escolhas.

Em cerca de 60% das vendas, de qualquer produto ou serviço, o cliente já chega à loja com a decisão tomada do que deseja comprar. No passado, pela falta de informações, os clientes chegavam às lojas cheios de dúvidas e precisavam conversar com os vendedores para toma as suas decisões. Então se os clientes pesquisam antes de comprar é importante que a sua empresa esteja dentre as pesquisas, não é mesmo?

  • Presença online

A partir da conclusão que chegamos no primeiro item já sabemos que mesmo se a sua empresa estiver presente somente em lojas físicas precisa estar na internet. É através da internet que muitos dos seus clientes vão conhecer a sua empresa e obter mais informações sobre ela. Se a sua empresa não tiver um site poderá acabar entrando no ostracismo do conhecimento de novos clientes.

 

estratégias de marketing

 

  • Qualidade de atendimento online e presencial

Os clientes estão cada vez mais críticos já que a sua voz pode ser potencializada pelas redes sociais quando desejam reclamar de alguma coisa. Exatamente por isso além oferecer produtos e serviços de qualidade o empreendedor deve ficar atento a forma como os clientes são atendidos. O bom atendimento precisa ser tanto no campo digital como no presencial.

Nas lojas físicas é importante que o cliente possa contar com vendedores prestativos que os auxiliem no processo de escolha e compra assim como precisam de bom atendimento online. Isso significa responder aos questionamentos dos seus clientes e oferecer soluções eficientes para possíveis dificuldades. Saber cercar o cliente com bom atendimento no ambiente digital e presencial é essencial para uma boa estratégia de marketing para a sua empresa.

  • Torne-se a referência

Para que as pessoas não tenham dúvida na hora de escolher a sua empresa para fazer compras é importante que você se torne uma referência no seu segmento. Uma forma de fazer com que o seu público-alvo perceba a sua empresa como a melhor no que faz é produzir conteúdo relevante e de qualidade sobre o seu setor.

A partir desse conteúdo o seu público passará a manter o interesse na sua empresa sempre vivo. No momento em que esse público decidir comprar algo que você produz com certeza a sua empresa estará a frente dos seus concorrentes. A melhor estratégia de marketing para a sua empresa na era digital é estar sempre presente na vida do potencial consumidor por sua qualidade.

  • Otimize seu conteúdo para várias plataformas

Para se manter sempre por perto dos seus potenciais clientes é interessante saber otimizar o seu conteúdo de maneira que possa ser acessado através de diferentes plataformas em momentos diversos do dia a dia dos seus consumidores ou público-alvo. Os conteúdos não precisam ser colocados somente num blog, por exemplo, em forma de texto. Observe as possibilidades e quais te ajudarão a chegar mais perto das pessoas relevantes.

Coloque suas estratégias em ação

Para que a sua empresa prospere no mercado e tenha melhores resultados junto ao seu público-alvo é essencial que as suas estratégias sejam colocadas em ação. Não perca mais tempo e comece o seu trabalho de difusão dos conteúdos da sua empresa.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

 

Como ser relevante para os seus potenciais clientes

potenciais clientes

O marketing digital está sendo chamado por muitos de novo marketing por um bom motivo. Para que a sua empresa tenha mais chances de fazer sucesso no mercado é importante se tornar relevante online. Nesse artigo você poderá conferir algumas dicas de como ser relevante para os seus potenciais clientes. O trabalho de marketing precisa estar focado na manutenção e conquista de novos clientes.

Para que uma empresa se torne lucrativa e estabelecida no mercado é essencial que conte com uma cartela de clientes em constante renovação. Um bom modelo de marketing digital é aquele que tem uma etapa especialmente concentrada na captação dos potenciais clientes. Entenda as prioridades do bom marketing digital.

Dicas para ser relevante para os seus potenciais clientes

  • Defina seu público-alvo

A primeira coisa que deve ser feita na busca em se tornar relevante para potenciais clientes é saber quem são essas pessoas. Defina um perfil geral das pessoas que tem interesse nos seus produtos, você pode observar quem são as pessoas que já são clientes. Uma técnica bastante usada em marketing digital é a da criação de uma persona.

Você deve resumir o seu público-alvo numa pessoa fictícia criada a partir das características mais gerais do público de seu interesse. É possível até mesmo dar um nome para a sua persona para torna-la ainda mais crível. A partir desse perfil comece a pensar o que interessa para essa pessoa para encontrar um caminho certeiro para o seu público-alvo.

 

6

 

  • Produção de conteúdos relevantes

A base para um bom marketing digital está na produção de conteúdos relevantes para o seu público. Apenas ter um site e perfis nas redes sociais para a sua empresa não é o suficiente, pois para que essas páginas sejam visitadas precisam gerar interesse. As pessoas apenas irão visitar o seu site ou redes sociais se o conteúdo presente nesses ambientes for relevante.

Então tenha como foco do seu trabalho de marketing digital a produção de textos e materiais como e-books, infográficos entre outros que atendam as demandas dos seus clientes por conhecimento. Esses materiais precisam tirar as dúvidas das pessoas que seus potenciais clientes. A partir do momento que eles encontram relevância nesse conteúdo passarão a visitar as páginas da sua empresa naturalmente.

  • Engajamento

Fique atento ainda a outra questão essencial para ser relevante para possíveis clientes, a geração de engajamento. As pessoas que irão seguir os perfis da sua empresa e acessar o seu site precisam ter o desejo de interagir, isto é, fazer comentários e agregar as suas opiniões. Quanto mais se cria engajamento mais pessoas ficam conhecendo a sua empresa e mais intenso se torna o seu relacionamento com os seus clientes.

  • Crie oportunidades

As pessoas que passam a acessar as suas redes sociais e o site da sua empresa podem ter interesse no seu produto ou serviço, porém, isso não significa ainda uma venda fechada. Essas pessoas são o que chamamos em marketing digital de leads que precisam ser convertidos em clientes. Para que essa conversão aconteça a sua empresa pode criar oportunidades para que esse cliente experimente seu produto ou serviço.

Em alguns casos os potenciais clientes desejam adquirir um determinado produto, mas ainda tem ressalvas devido ao preço ou a real necessidade. Oferecer promoções com entrega de amostras grátis pode ser uma maneira interessante de fazer com que essas pessoas experimentem e então possam tomar a decisão de compra.

  • Invista em eventos e comunicação direta

Uma maneira de fazer com que seus potenciais clientes sejam transformados em clientes é investir numa comunicação direta. Isso pode ser feito por meio da criação de eventos, por exemplo. Depois que o evento passou ainda é interessante manter contato com as pessoas que participaram. Não perca o contato que foi iniciado, mas sem ser chato. A ideia é que todo contato tenha um motivo relevante e que seja do interesse dessas pessoas. A palavra-chave para o sucesso com potenciais clientes é relevância, ninguém tem tempo para perder com o que não interessa.

Fique atento a conversão

O segredo de um marketing digital de sucesso é prestar atenção ao trabalho de conversão de potenciais clientes em clientes. Captar mais pessoas para os seus perfis online é interessante, mas é ainda mais válido fazer com que essas pessoas se tornem consumidoras.

 

 

Coisas que todo iniciante precisa saber sobre marketing digital

iniciantes

Quem está entrando no mercado empreendedor pode ter dificuldades em alguns setores, especialmente o de marketing digital. Essas duas palavras podem dar certo medo para quem está começando porque podem ajudar a alçar uma empresa ao sucesso ou então deixa-la no limbo dos conteúdos inúteis para os consumidores.

Para te ajudar a evitar os principais erros cometidos por iniciantes selecionamos alguns tópicos que todo mundo deve saber sobre marketing digital. Ele não precisa ser complicado e pode ser uma oportunidade de levar a imagem da sua empresa para mais perto de mais consumidores.

7 Coisas que todo iniciante deve saber sobre marketing digital

  1. Empresas físicas precisam de site

Uma dúvida bastante comum que pode surgir diz respeito a questão de uma empresa ter apenas lojas físicas, mas ainda assim ter que estar presente online. A internet se tornou o oráculo moderno que as pessoas procuram para ter respostas para as suas principais questões e dessa forma se estão precisando de algum produto ou serviço é a ela que ‘perguntam’. O oráculo precisa ter algo sobre a sua empresa para dar como resposta, então pelo menos um bom site a sua empresa precisa ter.

  1. Cuidado com o desvio do foco

Alguns iniciantes estão tão focados em ganhar dinheiro rápido com marketing digital que não se dão conta que aqueles que conseguiram se estabilizar nessa área o fizeram após um longo tempo. A questão central é que todo sucesso que se obtém em qualquer coisa que se pretenda fazer é decorrente de muito trabalho. Sendo assim somente se você trabalhar com afinco conseguirá consagrar o seu negócio. Não perca o foco da qualidade.

 

2

 

  1. Conteúdo sem relevância

Uma das coisas mais importantes de entender a respeito de marketing digital é que a sua base é a qualidade dos conteúdos. Os buscadores como Google e Bing somente listam como relevantes os sites que oferecem conteúdo de qualidade, isto é, aqueles que usam as palavras-chave de busca com inteligência e de maneira que vá satisfazer a necessidade de quem está buscando. Nos últimos anos as ferramentas e mecanismos de busca ficaram mais assertivas em encontrar conteúdos de mais qualidade para oferecer aos internautas.

  1. Não seja chato nas redes sociais

Alguns iniciantes no uso das ferramentas de marketing digital pecam por não entender que os consumidores não curtem ou seguem páginas que somente falam da marca ou dos produtos. Conhecer seus produtos é apenas um dos motivos que fará as pessoas continuarem interessadas. Ter conteúdo relevante é essencial para conseguir se manter sempre relevante. Então deixe de lado um pouco as postagens com foco somente em preços de produtos e compartilhe conteúdos de qualidade e de interesse.

  1. Não dedicar tempo

A internet está cada vez mais dinâmica e com isso quem decide entrar nesse universo precisa acompanhar o ritmo. Isso significa que é importante dedicar parte do seu tempo a melhorar as redes sociais, deixar o site mais interessante ou mesmo pensar em novas estratégias para se manter atual. Dedique o seu tempo a delinear melhor as estratégias que levarão a sua empresa ao topo. Saiba que nada na vida bem de graça e isso é válido também nas redes sociais.

  1. É necessário gerar engajamento

Com a relevância que tem se dado as redes sociais a palavra engajamento tem se tornado cada vez mais sinônimo de sucesso na internet. O engajamento nada mais é do que fazer com que as pessoas interajam com os perfis da sua empresa ou mesmo ajudem a divulgar os seus serviços e produtos. Isso acontece porque os internautas gostam do conteúdo dos perfis, tem uma experiência diferenciada com a sua empresa ou as duas coisas. Quanto mais as pessoas interagirem maior será o sucesso obtido.

  1. Saiba converter os visitantes em consumidores

Os iniciantes em marketing digital devem ficar atentos que todas as estratégias e trabalho que são investidos para alavancar a sua empresa devem ter como foco converter aqueles visitantes eventuais das suas páginas em consumidores. Entender em que ponto essa conversão ocorre é a grande missão de quem escolhe usar essas ferramentas.

Comece

Para conseguir ter bons e relevantes resultados usando o marketing digital é essencial começar a trilhar esse caminho. Então não tenha medo de começar a desenvolver suas estratégias.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

 

Quais as melhores estratégias de marketing para a sua empresa?

estrategias-de-marketing

Traçar boas estratégias de marketing para levar a sua empresa ao topo não precisa ser necessariamente algo complicado. O primeiro ponto que se deve ter claro é que existem muitos tipos de estratégias e o mais importante é saber escolher aquela que se aplica melhor as necessidades da sua empresa. Encontrar essa estratégia que irá fazer a diferença para alavancar os seus negócios depende apenas de estudar a situação da sua empresa no mercado e as possibilidades.

O objetivo central de todos os interessados em marketing é o mesmo, isto é, a busca por mais clientes e para aumentar os seus lucros. No entanto, as maneiras de conseguir alcançar esses objetivos são diferentes porque devem levar em conta sua área de atuação, os seus concorrentes entre outros fatores.

Dicas para traçar as melhores estratégias de marketing para a sua empresa

1 – Faça um estudo de caso da sua empresa

A sua empresa é única e como tal precisa ter o seu caso estudo em minúcias antes que sejam feitos investimentos em formas de divulgação. Comece entendendo mais sobre o segmento em que você irá atuar, pois é diferente a abordagem de uma empresa do setor de beleza para uma empresa do setor de livros, por exemplo.

Ao determinar em que segmento a sua empresa se encaixa comece a tentar perceber como os potenciais consumidores se relacionam com a compra de produtos ou serviços. Geralmente quem adquire esses produtos/serviços o faz através da internet ou em lojas físicas? Existem muitos concorrentes que estão exatamente na mesma faixa de mercado que a sua empresa?

2 – Faça um compilado de informações

Para descobrir qual as melhores estratégias de marketing para a sua empresa é essencial fazer um apanhado das informações que foram listadas através do estudo empreendido. Organizar as informações é uma forma de fazer um roteiro da história da sua empresa e em qual ponto do mercado está estabelecida. Tendo esse posicionamento definido será possível determinar qual é a forma mais eficiente de chegar junto ao seu consumidor.

estrategias-de-marketing

 

3 – Quem é o seu público-alvo?

Saber para quem estamos falando é o que nos ajuda a saber como falar. Liste tudo o que se refere ao público que você deseja impactar, isto é, qual é a faixa etária dessas pessoas, se são só homens ou só mulheres, que lugares costumam frequentar, quais são outros interesses que essas pessoas tem entre outras coisas.

Um método que tem sido muito usado com eficiência é criar uma persona. Basicamente se trata de personificar o consumidor em potencial numa figura que recebe um nome e a qual são atribuídas características de personalidade e comportamento. Tendo uma pessoa X em quem pensar é mais fácil saber onde você pode divulgar a sua empresa para ter um maior retorno.

4 – Estude a concorrência

Um dos pontos primordiais de uma boa estratégia de marketing é conhecer quem são os seus concorrentes. Informe-se a respeito do tempo que eles tem de mercado, qual a fatia do mercado que te interessa que cada um possui, quais são seus diferenciais e seus pontos deficitários. Tenha o máximo possível de informações a respeito desses concorrentes.

5 – Trace suas estratégias de marketing com essas informações

A partir do momento que você tem o entendimento de em que ponto do mercado a sua empresa está estabelecida, quem são os seus consumidores em potencial e de quem são os seus concorrentes tem mais clareza para determinar qual é a melhor estratégia a adotar para alavancar a sua empresa ao sucesso.

Por exemplo, sabendo quem é o seu público-alvo e onde essas pessoas costumam estar é possível determinar onde fazer uma divulgação da sua empresa, seja ela através de material gráfico ou de ações. Entender se o seu público é de uma faixa de idade que permanece mais tempo nas redes sociais pode ajudar a definir se irá ou não investir em anúncios entre outras coisas. Aqui nós te damos algumas dicas de marketing digital para iniciantes!

Tenha informação de qualidade e a interprete da forma correta!

O mais importante para quem está tentando traçar uma estratégia de marketing vencedora para a sua empresa é ter informação. Saber de tudo o que diz respeito a sua empresa, aos seus consumidores e aos seus concorrentes faz toda a diferença na hora de pensar em como agir.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

 

Marketing Digital: Cinco dicas para iniciantes

marketing-digital

Vivemos na era da internet e estar no universo digital se tornou uma verdadeira prioridade para as empresas de todos os tamanhos. Quem não é visto, não é lembrado já disse um sábio. Atualmente para ser visto é necessário ser digital e estar online. Para quem está entrando no mundo empreendedor vamos dar cinco dicas de marketing digital para iniciantes que vão mudar a forma como a sua empresa é percebida.

Conhecer os meandros que podem te levar ao conhecimento do seu público-alvo é essencial para se dar bem no mercado. Então prepare-se para essa incursão aos conhecimentos do marketing na era dos smartphones e internet wi-fi.

Cinco dicas de marketing digital para iniciantes

1 – Sua empresa precisa de um site

Um dos erros mais comuns de iniciantes é achar que pela ênfase dada as redes sociais no momento não é necessário ter um site. O site tem função primordial na percepção que seu consumidor tem da sua empresa. Várias pesquisas na área revelaram que os consumidores quando buscam por uma empresa na internet querem visitar um site.

O site é como se fosse a sede da sua empresa no universo digital. As redes sociais como Facebook e Instagram são muito interessantes para estabelecer diálogo e interação com os seus consumidores, no entanto, é o site que lhes oferecerá as respostas que estão procurando. Então a primeira dica é preocupe-se em fazer um site assertivo para a sua empresa e no qual estejam reunidas todas as informações necessárias.

 

1

 

2 – Redes Sociais ativas e pensadas de forma estratégica

Depois de visitar a casa da sua empresa (o site) o eventual consumidor desejará saber mais sobre o perfil da sua marca e dos produtos/serviços que são oferecidos. Então chegamos a segunda das cinco dicas para iniciantes em marketing digital. A manutenção das redes sociais é essencial para manter a sua marca sendo comentada e conhecida por mais pessoas.

A grande questão é entender que os perfis de redes sociais precisam passar uma boa imagem da sua empresa. Fique atento ao que é compartilhado com os seus seguidores, pois em apenas um segundo um post pode se transformar em polêmica. Tenha senso crítico para saber o que pode ser prejudicial para a imagem corporativa e gere conteúdos relevantes. Ninguém curte uma página ou segue um perfil para ver apenas fotos de produtos em promoção.

 3 – Trabalhe com palavras-chave e SEO

Muitos iniciantes no universo do marketing digital podem não saber, mas a base do trabalho feito para a web está nas palavras-chave. Buscadores como o Google e o Bing, por exemplo, respondem as pesquisas feitas pelos internautas através da busca das palavras usadas na caixa de busca. Isso significa que o buscador irá procurar por repostas a dúvida do interlocutor.

Além de procurar pelas palavras-chave os buscadores usam ferramentas para identificar quem atende as necessidades do interlocutor com mais assertividade. Então saiba que além de usar as palavras-chave que tenham relação com a sua área de atuação é importante contar com conteúdos de qualidade. É desse processo de seleção que são elencados os sites numa busca.

 4 – Crie uma estratégia

A partir do momento que você já conseguiu aplicar as três primeiras dicas e tem um site bem formatado, redes sociais que são atrativas para os potenciais consumidores e usa com qualidade as palavras-chave precisa traçar uma estratégia entre esses itens.

Contar com três itens de marketing digital bons que não conversam entre si é o mesmo que não contar com nenhum. Conforme o engajamento dos seus seguidores for crescendo nas redes sociais comece a usar isso a favor da sua empresa criando mais links de divulgação.

5 – Seja digital mesmo se for loja física

Por fim é importante esclarecer que mesmo aquelas empresas que atuam somente em meio físico, isto é, não tem loja virtual precisam estar online. Muitos consumidores procuram por informações a respeito das empresas de seu interesse na internet antes de fechar uma compra. Se um potencial consumidor fizer uma busca pela sua empresa e não encontrar nada pode se sentir frustrado e até mesmo questionar a qualidade do seu trabalho.

Seja criativo

Depois de conferir cinco dicas para iniciantes de marketing digital certamente você está mais preparado para enfrentar o mercado. Siga as dicas acima com criatividade para conquistar mais interessados no meio digital.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]