7 passos para se tornar um diretor de marketing

diretor de marketing

Quem tem interesse ou já atua na área de marketing digital, deve ter ouvido falar, em algum momento, no diretor de marketing e em quem ocupa este cargo.

Também é possível que tenha se deparado com o termo CMO (Chief Marketing Officer) sigla em inglês, que significa basicamente o mesmo que diretor de marketing.

Mas afinal de contas, o que significa ser um diretor de marketing? Neste artigo, serão explicadas quais são as funções atribuídas a essa profissão e o que fazer para exercê-la com excelência.

Primeiramente, algumas definições importantes para ser um diretor de marketing

Antes de falar sobre o que faz diretor, vamos rever antes alguns conceitos sobre marketing. Ainda hoje, principalmente para quem está de fora ou é novo na área, existem dúvidas sobre as diferenças entre publicidade e marketing.

Por muito tempo, houve quem acreditasse que “fazer marketing” seria o mesmo que “fazer propaganda”. E não deixa de ser verdade que, em tempos menos competitividade, quem usa-se meios de comunicação tradicionais para divulgar seu produto, estava um passo à frente dos concorrentes.

No entanto, na prática, o marketing envolve algo muito mais amplo. Promover um produto ou serviço simplesmente, não garante vendas, em especial na era em que vivemos.

A publicidade é somente um dos itens englobados pelo marketing. Seu papel é comunicar os atributos de uma marca, por meio de campanhas, desdobradas nas várias mídias disponíveis hoje.

Para o setor de marketing, definir quais serão as ferramentas utilizadas em uma ação publicitária, é necessário trabalhar outros fatores antes.

Conhecer o mercado a fundo, identificar qual é o público-alvo, definir o posicionamento de marca, escolher a praça de comercialização, traçar uma estratégia de preço e executar ações, são alguns desses fatores.

E por que isso tudo é tão importante para o marketing atual?

Nunca houve uma época tão competitiva como a de hoje. Novas marcas surgem a todo momento.

Se já havia grande concorrência entre as empresas antes, utilizando mídias tradicionais, com o boom da internet, a disputa se tornou muito mais acirrada.

Graças a popularização dos celulares, tablets e outros aparelhos com acesso à rede, os consumidores de hoje são mais informados. Por consequência, são também mais seletivos e estão sempre em busca de adquirir produtos e serviços que ofereçam diferenciais.

 

diretor de marketing

 

Esse fenômeno despertou a atenção do setor de marketing, para focar seus esforços em delinear verdadeiras estratégias de comunicação e relacionamento com os clientes.

Para que isso ocorra com sucesso, é fundamental que o diretor de marketing seja uma pessoa foca e preparada para essa função. O tempo em qualquer indivíduo poderia assumir essa responsabilidade, de forma amadora, fico para trás!

Somente com conhecimentos técnicos e práticos, e bastante aprofundados, um profissional de marketing poderá encarar o desafio de gerir e encontrar soluções, que impulsionem as vendas e fortaleçam a imagem de uma empresa.

Como se tornar essa pessoa capaz de dirigir o marketing de uma empresa

Para os que se identificam com a área e acreditam ter o perfil para assumir a responsabilidade de ser um diretor de marketing, separamos 7 passos para se tornar um grande profissional na área. Confiram:

1 – Formação em marketing ou similares:

Diante do nível de exigência do mercado atual, é indispensável que um diretor de marketing possua formação na área.

É muito comum que uma pessoa já graduada em outra área, como publicidade e propaganda ou administração, acabe enveredando para o setor de marketing. No entanto, por não ter conhecimentos técnicos, perde chances de ser promovido a diretor um dia.

Sendo assim, é fundamental cursar alguma especialização, como o MBA (Master in Business Administration, que significa Mestre em Administração de Negócios), com ênfase em marketing.

2 – Conhecimento prático em marketing:

Somente estudar marketing não basta. Para ser diretor, é necessário ter conhecimento prático.

Talvez seja difícil para as gerações mais jovens, com anseios de crescer profissionalmente o mais depressa possível.

Todavia, dificilmente alguém já começa em um cargo de direção. Quem deseja estar à frente de um setor de marketing um dia, deve começar de baixo, em cargos de assistente ou mesmo social media, adquirindo know-how na área.

3 – Comunicação verbal e por meio da escrita:

Na área de marketing e comunicação, é fundamental que um diretor saiba expressar suas ideias, seja falando, seja escrevendo.

 

Leia também: Faculdade de marketing, vale a pena fazer?

 

O profissional será responsável por designar tarefas a sua equipe, transitar entre diversos setores de uma empresa e fazer a ponte entre os seus proprietários e o público. Também terá de gerar relatórios periodicamente e montar apresentações com resultados.

Todavia, não se deve desistir do objetivo de ser um CMO, por não possuir essas habilidades naturalmente.

Dentro das graduações, o normal é que existam disciplinas voltadas em melhorar a redação e a oratória dos alunos. Caso contrário, há oficinas extracurriculares com esse mesmo objetivo.

4 – Papel de liderança:

O CMO deve ter talento com pessoas, pois irá dirigir equipes, que dependendo do porte da empresa, podem ser bem numerosas.

Lembrando que líderes devem ser inspiradores, motivadores e devem discernir qual o momento de agir com relação a algo ou alguém.

5 – Observação e curiosidade:

Reparem que, em geral, o que difere um profissional de comunicação dos de outras áreas de atuação, e a vontade de saber sobre algo.

Quem trabalha com marketing deve ser curioso! Isso faz toda a diferença na hora de entender o comportamento do consumidor, por exemplo.

Observar também é fundamental. O setor de marketing exige atenção, tanto com as pessoas de dentro, como um olhar apurado para quem está de fora.

Quem deseja ser diretor, deve observar pessoas e acontecimentos o tempo todo.

6 – Perfil analítico:

Além de analisar os consumidores, um diretor deve ser bom em interpretar dados.

As ações de marketing e comunicação implica nas gerações de relatórios periodicamente, aferindo seus os resultados concretos. Portanto, a pessoa responsável por comandá-la deve saber interpretá-los.

7 – Manter o foco:

Profissionais qualificados para dirigir um setor, com todas essas responsabilidades, devem possuir total foco em um objetivo principal que, em geral, é o de aumentar vendas.

Portanto, quem almeja ocupar esse posto um dia deve, desde já, aprender a direcionar seus esforços e a trabalhar com metas bem delineadas.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *